As inscrições estão abertas para o IV Psicologia, Saberes e Práticas. Este ano, o evento aborda a temática: clínica ampliada – (des)construções e desafios e acontece nos dias 14 e 15 de junho. Também com base no conceito da ampliação, o “Integra Psi”, em sua 3ª edição, será vinculado ao Saberes e Práticas. As inscrições podem ser feitas pelo www.even3.com.br/saberesepraticas

O evento contará com palestras, roda de conversa, oficinas e apresentação de trabalhos. O VI Psicologia, Saberes e Práticas tem como objetivo discutir os desafios e as (des)construções colocadas pela clínica ampliada aos profissionais da saúde, especialmente psicólogos, que atuam na rede de atenção e saúde, em diferentes esferas de atendimento (público e privado).

No primeiro dia de evento, a programação será na Faculdade de Psicologia da FISMA (Unidade I – 5º andar Policlínica Wilson Aita) nos períodos de aula. Nos primeiros horários, ocorrem oficinas desenvolvidas pelos projetos do curso e na sequência, apresentações dos trabalhos (pôster e comunicação oral). No segundo dia, a programação com os convidados, será no Hotel Itaimbé Palace.

A submissão de trabalhos pode ser feita, impreterivelmente, até 7 de junho.

 

O que é Clínica Ampliada?

A concepção de clínica ampliada surgiu da necessidade de acompanhar as transformações sociais e ampliar a compreensão dos processos saúde-doença. Assim, a clínica ampliada propõe que o profissional de saúde desenvolva a capacidade de ajudar as pessoas, não só a combater as doenças, mas a transformar-se, de forma que a doença, mesmo sendo um limite, não a impeça de vivenciar outros aspectos da sua vida. Nessa perspectiva, a clínica ampliada trabalha como um todo em interação com seu meio. Nesta atuação o profissional se insere no contexto das trocas sociais estabelecidas na comunidade, onde existem as “quatro paredes” da clínica tradicional e o que se faz é ocupar o território ao redor do indivíduo. Esse deslocamento desempenha uma mudança na postura dos profissionais envolvidos, para os quais não há uma atitude padrão, previsível e controlada, como a de quem trabalha entre em clínica tradicional. Dessa forma, a clínica ampliada impõe desafios, convocando a refletir, (des)construir e inovar, exigindo do profissional postura diferenciada e atuação condizente com as demandas contemporâneas.

Convidados

Analice Palombini – Psicóloga, doutora em Saúde Coletiva pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro, docente do Instituto de Psicologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, abordará o tema “Saúde Mental e Democracia: a experiência da Gestão Autônoma da Medicação”.

Lúcio Fernando Garcia – Psicólogo coordenador da área técnica do Conselho Regional de Psicologia do Rio Grande do Sul (CRP RS), que atua principalmente em questões de ética profissional.

Esquadrão da Alegria – ONG atuante em hospitais com objetivo de proporcionar momentos lúdicos e alegres aos pacientes, familiares e profissionais.

Katiusci Lenhart – Psicóloga, mestre e especialista em Sistema Público de Saúde. Atende na Fundação de Atendimento Sócioeducativo (FASE-RS). Integrante do Grupo de Estudo, Pesquisa e Intervenção em Saúde Coletiva e Interdisciplinaridade (GEPSCI) da FISMA.

Fábio Mello – Enfermeiro, coordenador do Núcleo de Educação Permanente em Saúde de Santa Maria (NEPeS).

Marcelo Moreira – Psicólogo, doutor em Psicologia Social. Docente no curso de Psicologia da FISMA.

Amara Holanda – Terapeuta Ocupacional, doutora em Educação. Docente no curso de Terapia Ocupacional da UFSM.

Douglas Casarotto – Doutorando em Psicologia Social e Institucional (UFRGS). Coordenador do projeto de extensão Itinerâncias da Clínica Psicossocial – Rede de Acompanhantes Terapêuticos. Docente do curso de Psicologia da FISMA.

 

Acesse o Facebook VI Psicologia, Saberes e Práticas

 

Postagens Recomendadas

Deixe um Comentário