Você que contratou o Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) e gostaria de trocar de curso ou transferir sua graduação de uma Instituição de Ensino Superior (IES) para outra, saiba que é possível.

Os contratos do FIES precisam ser renovados a cada semestre. Nesta oportunidade, o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) estendeu o prazo até o dia 15 de maio. No caso de interesse em transferência de IES, o estudante precisa entrar em contato no local onde já estuda e realizar os procedimentos institucionais adequados. Então, deve conferir se o novo local em que pretende estudar tem adesão ao FIES, vagas disponíveis e bom conceito junto ao Ministério da Educação (MEC).

O procedimento de transferência é feito via internet, no site do SisFIES sisfiesaluno.mec.gov.br/segurança/principal – nesta página, o aluno deve clicar na opção Adiantamento FIES e depois em Aditamentos Disponíveis e logo em Transferência Integral. A partir de então, é só seguir as instruções indicadas pelo site e aguardar o resultado de avaliação do pedido.

Estude na FISMA

A FISMA possui conceito 4 junto ao MEC. Isso configura uma ótima avaliação e possibilita oferecer diversas opções de benefícios e financiamentos. Dessa forma, os cursos de Administração, Enfermagem, Psicologia e Tecnólogo em Gestão Comercial estão aptos a receber novos alunos cadastrados em financiamentos estudantis.

São pelo menos sete benefícios disponibilizados pela instituição. O FIES JURO ZERO está entre eles.

Com nova modalidade que divide o programa em duas partes, há possibilidade de juro zero e uma escala de financiamentos que varia conforme a renda familiar do candidato.

Na primeira modalidade, o FIES oferta vagas com juros zero para os estudantes que tiverem uma renda per capita mensal familiar de até três salários mínimos. Nessa modalidade, o aluno começa a pagar as prestações respeitando o seu limite de renda, e os encargos a serem pagos pelos estudantes diminuem consideravelmente.

A outra modalidade de financiamento, denominada P-Fies, é destinada aos estudantes com renda per capita mensal familiar de até cinco salários mínimos. A referida modalidade funciona com recursos dos Fundos Constitucionais e de Desenvolvimento e, ainda, com os recursos dos Bancos privados participantes.

Saiba mais sobre benefícios em fismafaculdade.com.br/financiamentos-e-beneficios-oferecidos-pela-fisma/

E ainda…

No espaço do Serviço de Atendimento ao Estudante (SAE) no site da FISMA, é possível fazer simulações com os financiamentos e há detalhes de documentações e regras para cada um deles. Também, estão descritos os estabelecimentos conveniados com a instituição. Desta forma, cursar uma graduação na FISMA torna-se um objetivo mais fácil de ser alcançado.

 

Postagens Recomendadas

Deixe um Comentário