ACADÊMICOS DE PSICOLOGIA DESENVOLVEM O GRUPO TERAPÊUTICO “FAZENDO ARTE”

Fortalecer os vínculos familiares e oportunizar possíveis fontes de geração de renda são os principais objetivos do grupo terapêutico Fazendo Arte. Idealizado por alunos do 9º semestre de Psicologia da FISMA, o projeto atua em três loteamentos da cidade: Zilda Arns, Dom Ivo Lorscheiter e Leonel Brizola.

Caixa de leite, retalho de tecido, cola e barbante

Nos encontros, acontecem oficinas diversas que oportunizam aprendizado de novas atividades com possibilidade de geração de renda às famílias. A base é o artesanato, pois tem baixo custo de produção e dessa forma, se reaproveitam materiais evitando o acúmulo de lixo e resíduos. Com as oficinas, caixas de leite, ovos, sacolas, garrafas pet e latas, ganham novas formas e cores podendo ser transformados em objetos de decoração e comercializados no modelo de economia solidária.

Também ocorrem momentos de conscientização sobre saúde e cuidados pessoais. A cirurgiã dentista Sabrina Saurin e a auxiliar de saúde Cláudia Floresta participam dos encontros com um trabalho voltado à prevenção e cuidados com a saúde bucal.

A idealização do grupo partiu dos acadêmicos de Psicologia da FISMA, Yuri Lopes e Juliana Facco, sob orientação da professora Dra. Rosecler Gabardo. Os acadêmicos realizam práticas de estágio na Estratégia de Saúde da Família (ESF) São Francisco, localizada no Residencial Dom Ivo Lorscheiter. Os acadêmicos atuam dentro da área da psicologia com arteterapia e também realizam roda de conversas sobre temas variados sugeridos pelo grande grupo. No último encontro, realizado dia 9 de maio, o debate girou em torno das relações pessoais e familiares.

Os encontros são quinzenais e acontecem sempre no período da tarde no Centro Comunitário do loteamento Leonel Brizola.

 

 

 

Postagens Recomendadas

Deixe um Comentário