Iniciativas inclusivas realizadas com acadêmicos da FISMA são relatadas em livro publicado por docentes

O trabalho desenvolvido pelo Núcleo de Acessibilidade e pelo Setor Psicopedagógico da Faculdade Integrada de Santa Maria (FISMA) é tema do primeiro capítulo do livro ‘Estratégias Pedagógicas Inclusivas na Educação Superior’, lançado no fim de 2018 pela UFSM. Os professores Tatiane Rodrigues (na foto, da esq. para a dir.), César Bridi Filho e Jéssica Jaíne Marques Oliveira são os responsáveis pelo capítulo ‘Altas habilidades e deficiência intelectual: práticas e pensamentos de uma instituição privada de ensino superior’.

Conforme a professora Jéssica, coordenadora do Núcleo de Acessibilidade e do Setor Psicopedagógico, a intenção da publicação é evidenciar práticas que são efetivas e que promovem mais autonomia aos acadêmicos atendidos. “O Núcleo nasceu junto com a FISMA. Por isso, está bem estruturado e os atendimentos crescem a cada ano. Para os atendimentos aos acadêmicos, temos envolvimento dos professores e dos funcionários, que nos dá respaldo para levar nossas práticas para a sociedade e auxiliar outros profissionais dentro das instituições de ensino”, explica a docente.

No capítulo, estão relatos de práticas realizadas com dois acadêmicos da FISMA, sendo um com Altas Habilidades e outro com Deficiência Intelectual. Os professores descrevem as situações que envolvem o atendimento clínico e o processo com os demais profissionais da instituição, apresentando as atividades interventivas junto aos alunos.

O livro, que também conta com relatos de docentes de outras universidades brasileiras, está sendo distribuído para escolas e instituições. A publicação pode ser acessada neste link.

          

Postagens Recomendadas

Deixe um Comentário